Para Meditar

"Escreva as preocupações de hoje na areia. Grave as vitórias de ontem na pedra".

25/01/2011

Cuidado com o Gavião

Esses dias, estava lembrando de uma pregação do Pr. José Ribamar, Capelão da PM no RN. Ele falava do cuidado que a galinha tem com a sua ninhada, com os pintinhos. Ela emite um som característico para chamar seus filhotes quando eles se dispersam. Ao ouvir o chamado, os pintos vem ao encontro da mãe e se refugiam debaixo de suas asas, aconchegados em suas penas.
Quando algum pintinho mais distraído ou afoito se aventura e se distancia da mãe, o gavião, que já se encontra à espreita para atacar, aproveita o vacilo e era uma vez o filhote.
No Salmo 91, verso 4 está escrito: "Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel".
O cristão que permanece coberto pelas penas de Deus e debaixo de suas asas está seguro. Não tem gavião que se atreva a se aproximar ou atacar aquele que está protegido, guardado, escondido no Senhor. O gavião (o Diabo) busca a quem possa tragar. Ele não traga quem quer, ele traga quem pode. Se você está refugiado em Deus, ele não pode tragar.
Por isso, permaneça no Senhor e não saia de debaixo das asas protetoras de Jeová. Não vacile, não se afaste, não se distraia, não seja afoito. Fique no lugar da benção: na presença de Deus. Cuidado com o gavião!

Nenhum comentário:

Postar um comentário